12/11/2018

O cemitério de Vila Verde, no distrito de Braga, está lotado e a última sepultura a ser aberta está situada num passeio calcetado. A câmara quer retirar o passeio para criar ali uma nova fileira de sepulturas para combater a falta de espaço, mas as negociações com os vizinhos para a compra do terreno estão em banho-maria. Dada a incapacidade do município em negociar terrenos contíguos, os responsáveis municipais recorreram ao passeio calcetado para criar um espaço para depositar urnas.

O vereador Patrício Araújo, responsável na Câmara de Vila Verde pelo referido espaço, assume que o cemitério "está lotado" e que a situação acaba por, dentro da dignidade possível, ser "provisória".

12/11/2018

O apresentador Silvio Santos voltou a estar envolvido numa polémica pela forma como trata as mulheres. Desta vez, o brasileiro resolveu assediar a cantora Claudia Leitte, durante um programa de apoio a uma associação de assistência a crianças deficientes. Silvio Santos disse que a saia justa da cantora o deixava excitado. Claudia Leitte ainda tentou desviar o assunto, mas o apresentador não demorou a revelar que a excitação era mesmo no sentido literal da palavra. Entretanto a cantora já reagiu no seu Instagram.

O "episódio" gerou muitas criticas na Internet. Confere o momento e deixa a tua opinião!

12/11/2018

A Nazaré é por esta altura um dos principais destinos para os amantes do surf em todo o Mundo. As ondas gigantes representam a oportunidade que muitos esperam, mas podem ser igualmente perigosas. Que o diga Russell Bierke, de 21 anos, que estava no mar quando uma onda gigante lhe apareceu pela frente. Russell não pensou muito e alcançou para tentar surfar aquela enorme massa de água.... mas não teve sorte.

O surfista acabou por ser engolido pela onda e o momento tornou-se viral nas redes sociais. No final tudo acabou bem e foi resgatado com sucesso da água.

09/11/2018

Este vídeo mostra confrontos entre seguranças e um grupo de jovens junto à discoteca Ice Club, em Viseu. As imagens foram publicadas na Internet e estão a causar alguma indignação.

Segundo algumas fontes, os problemas começaram no interior da discoteca. Os jovens terão ameaçado e agredido elementos de outro grupo mais novo por causa de uma mulher. Já fora da discoteca, as agressões continuaram e os seguranças viram-se obrigados a usar a força para proteger os mais novos.

A empresa de segurança já reagiu e diz não se rever nestes atos de violência.

08/11/2018

Uma mulher grávida de 8 meses foi agredida por um homem ontem à noite no Funchal. A mulher foi salva por outro homem que estava a passar no local e que gravou o momento com o telemóvel, divulgando depois as imagens no Facebook. A Polícia de Segurança Pública está a tentar identificar o suspeito.

No vídeo é possível ver a mulher ensanguentada sentada no chão e o agressor que abandonou o local quando se apercebeu da presença de outras pessoas. A vítima foi socorrida e transportada para o hospital onde estará a receber apoio psicológico.

"O suposto marido chegou de repente e agrediu-a. Pelo que sei estava grávida de oito meses, apresentava muitos hematomas e tinha muitas dores. Ele voltou a tentar agredi-la e eu tentei filmar. Ele é muçulmano. Acabei por filmar e tentei atenuar a situação. A PSP não demorou a chegar. É algo grave porque sou pai e acabei por vê-la sofrer. Fiquei com medo de que ela perdesse a criança. É chato, mas não fico com traumas. A situação acho que já está resolvida. Está no hospital do Funchal", explicou a testemunha.

08/11/2018

Este vídeo foi filmado pelos pais deste menino e tornou-se viral nas redes sociais. Nele, a criança de 7 anos, fala do seu trauma e diz que quer morrer porque um outro menino, que estuda na mesma escola católica, em Aisne, na França, lhe bate todos os dias e bate também no seu irmão mais novo. "Eu quero ir para junto de Deus para sempre. E que ele [o outro menino] pare de me bater", diz a criança, num vídeo que deixou muitos internautas transtornados.

O caso está a agitar as opiniões em França, relativamente ao bullying nas escolas, com muitos a pedir mais ação junto das escolas. As três crianças estudam na mesma escola e os fatos ocorreram ao longo de vários meses. A mãe do menino apresentou queixa no mês passado junto das autoridades. O jornal Le Parisien contou a história sem revelar o nome da criança ou informações da escola, para proteger o menino de possíveis vinganças.

08/11/2018

Este incidente deu-se numa via férrea australiana, onde um comboio de mercadorias com 268 carruagens (cerca de 2km de comprimento) percorreu 92 quilómetros sem condutor, sendo que a única forma de o parar foi fazê-lo descarrilar.

Ao que tudo indica, o motorista do comboio, operado pela BHP, saiu da locomotiva para inspecionar um problema com uma das carruagens e o comboio seguiu viagem sem ele... até ter sido forçado a descarrilar.

Eis o resultado... 😱