08/11/2018

Saul, também conhecido como Grumpy Cat 2.0., foi encontrado a vaguear pelas ruas de Londres, ferido e com extrema necessidade de ajuda. Quando um bom samaritano o encontrou, ele foi levado de imediato ao veterinário.

No momento em que os profissionais começaram a cuidar de Saul, o gatinho começou a melhorar, e um dos seus traços característicos começou a tornar-se evidente. "Apesar do seu constante mau humor, Saul é realmente muito doce e amigável", conta Caroline Allen, diretora veterinária da RSPCA, à imprensa local.

Vê só que fofura é esta coisinha constantemente brava! 😍

...

continuar a ler
07/11/2018

1. Saltar no momento exato merece todo o nosso respeito

2. "O cão do meu tio apanhou um pássaro e não conseguiu esconder isso de outro cão"

3. A cara do piloto quando uma das passageiras decidiu saltar e levantou os braços com as hélices do helicóptero em movimento

4. Não perdeu a oportunidade de acariciar um gatinho

5. Quase um lobo na pele de uma ovelha

... continuar a ler
29/10/2018

Hoje em dia as novas tecnologias "facilitam" a vida aos arquitetos com programas como o AutoCAD. Mas nem sempre foi assim, pois "antigamente" os desenhos eram todos feitos à mão... dá para imaginar o trabalho? Nas imagens que se seguem podes ver como era o dia-a-dia dos arquitetos, que trabalhavam com estiradores em todo o tipo de posições.

...

continuar a ler
24/10/2018

Teddy Mazzini, um menino de 6 anos da cidade de Tucson, Estados Unidos, convidou 32 amigos para comemorarem o seu aniversário numa pizzaria no passado fim de semana, mas nenhuma das crianças apareceu e a fotografia de Teddy com um ar desolado, triste e completamente sozinho está a comover o mundo, a Internet e até algumas celebridades.

A imagem tornou-se viral e foram milhares a desejar felicidades à criança e a mostrar-se solidários com a sua tristeza. O músico DJ Khaled, mundialmente conhecido, foi uma das muitas pessoas enternecidas com a situação de Teddy e através do Instagram prometeu enviar um presente à criança.

...

continuar a ler
23/10/2018

Alice Proverbio, neurocientista e psicóloga na Universidade Milano-Bicocca, em Itália, está a testar os cibernautas com uma nova ilusão de ótica. A imagem foi desenhada por Beau Deeby e pretende testar o colapso do nosso sistema de perceção. O desenho, apesar de estático, transmite a ideia de movimento.

Por vezes, o cérebro engana e dá-nos perspetivas diferentes do que observamos: aquilo a que chamamos ilusões ópticas. No Twitter, a especialista afirmou que existem duas áreas do cérebro responsáveis por este efeito: uma designada V5, que se dedica ao processamento do movimento, e outra designada V4, que processa a cor e a forma. Ora, quando os neurónios V4, que processam a cor e a forma, estão muito saturados, são ativados os neurónios V5, que processam o movimento.

Quando partilhou esta imagem, Alice Proverbio pretendia testar os cérebros dos utilizadores e as perspetivas diferentes daquilo que se consegue percepcionar. A professora explicou que, por vezes, o cérebro é enganado para dar perspetivas diferentes daquilo que observa. É por isso que, neste caso, muitos...

continuar a ler