Kimi Raikkonen atropela um dos seus mecânicos durante uma 'pit stop' para esquecer
09/04/2018

Uma imagem arrepiante marcou o GP do Bahrain, do passado domingo. Kimi Raikkonen fazia a sua segunda paragem nas boxes, mas foi erradamente autorizado pela Ferrari para voltar à pista quando a troca do pneu traseiro esquerdo ainda não havia sido completada. O finlandês arrancou e a roda passou por cima da perna esquerda de Francesco, um mecânico da equipa.

Logo na saída do carro, o mecânico foi "puxado" para o chão, devido ao impacto da roda com a perna esquerda do mecânico. Imediatamente Francesco foi assistido pelos paramédicos e levado para o hospital.

Segundo informou a Ferrari através das redes sociais, Francesco teve duas fraturas na perna. "Aparentemente fraturas na tíbia e na fíbula. Nossos pensamentos estão com Francesco. Permaneça forte", escreveu a escuderia italiana.

Raikkonen, que abandonou a corrida logo após o acidente, ainda nas boxes, disse que não sabia que houve um problema, até ser avisado pelo rádio para parar o carro.

"Eu saio quando a luz está verde e não vejo o que acontece por trás. Infelizmente ele magoou-se. Mas a minha obrigação é arrancar quando a luz muda, mais do que isso, eu não consigo controlar. Espero que ele esteja bem", respondeu Raikkonen, que vinha em segundo lugar no Bahrain até ao acidente nas boxes.