18/10/2018

O vídeo de um treinador de ginástica rítmica a esbofetear uma das suas alunas está a gerar indignação no Japão. Pelo que foi divulgado pela Federação Japonesa de Ginástica, Yuto Hayami, treinador da jovem Sae Miyakawa, tinha um comportamento agressivo há já cinco anos. No entanto, só agora foi descoberto e suspenso.

As imagens mostram a atleta a ser agredida pelo seu treinador, que lhe aplicou várias bofetadas no decorrer de um treino.

18/10/2018

Em Inglaterra, um jovem bêbado escalou uma ponte de 50 metros de altura para fugir da polícia, após distúrbios num bar. Já no topo, andou por lá a "passear" e testou o equilíbrio. Confere só a moca deste maluco! 😲

18/10/2018

Em Beaver Arkansas, nos Estados Unidos, um motorista de autocarro ignorou por completo a placa de uma ponte suspensa, que limitava a passagem a viaturas com mais de 10 toneladas.

O autocarro lá atravessou, mas foram vários os momentos de tensão que se viveram aquando da sua passagem... poderia ter terminado em tragédia.

17/10/2018

O programa da RTP1, Prós e Contras, abordou o tema do assédio sexual na senda do movimento #MeToo. O assunto, já de si polémico, tornou-se ainda mais controverso quando um dos convidados, que estava na plateia e não no painel, afirmou que obrigar uma criança a beijar os avós pode ser considerado "violência", comentário que numa primeira fase deixou Fátima Campos Ferreira incrédula.

A opinião de Daniel Cardoso, doutorado em Ciências da Comunicação, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e cuja tese de mestrado versou sobre o poliamor, foi reforçada pelo psiquiatra António Coimbra de Matos, presente no painel do programa, que considera coercivo obrigar uma criança a beijar os avós.

Quem é Daniel Cardoso?

Daniel Cardoso ficou conhecido por ser um dos grandes divulgadores e defensores da prática do poliamor, ou seja, que defende que podemos amar várias pessoas em simultâneo e manter compromisso com mais do que um parceiro, quer se trate de uma relação homossexual ou heterossexual, desde que todos os envolvidos...

continuar a ler
17/10/2018

O programa Vidas Suspensas regressou ontem à SIC com a primeira parte do caso de um jovem que herdou um milhão de euros, esteve casado com a cantora Maria Leal e está hoje sem nada.

Francisco d’Eça Leal casou com a cantora Maria Leal, ou melhor, Elizabete Maria Pereira Garcia Rodrigues, conhecida hoje em dia pelas suas participações na Internet e em reality shows televisivos. Em três anos de casamento viu a sua fortuna, avaliada em mais de um milhão de euros, fugir-lhe das mãos. Mais de 500 mil euros em dinheiro, quatro apartamentos em Campo de Ourique, em Lisboa, além do recheio das casas e do vasto espólio artístico do pai, Paulo Guilherme d’Eça Leal.

Da herança resta-lhe o apartamento onde mora sozinho com o apoio da mãe e da Santa Casa da Misericórdia. Todos os outros bens foram gastos durante os primeiros anos de casamento. Na queixa-crime apresentada contra a mulher, a par de um processo de divórcio que ainda decorre, Francisco acusa Maria Leal de ter-se aproveitado da sua situação de dependência e de fragilidade emocional para vender o património.

O...

continuar a ler
16/10/2018

Os visitantes do Ripley’s Aquarium em Toronto, no Canadá, foram surpreendidos por um louco que resolveu despir-se e mergulhar no tanque dos tubarões. "Depois de comprar o bilhete, ele despiu-se imediatamente, passou por cima da barreira de segurança e atirou-se para dentro do tanque", explica o Ripley’s Aquarium num comunicado.

A cena foi filmada pelas pessoas que estavam no local e algumas encorajaram o homem, enquanto outras ficaram assustadas. "Foi totalmente louco. Estava com medo por achar que ia assistir à morte daquele homem", contou Erinn Acland à CBC. O homem estava tão "descontraído" que saiu do tanque e resolveu voltar a mergulhar, perante os aplausos dos restantes visitantes.

No final escapou ileso à experiência perigosa e ainda não foi capturado pela polícia. Quando for detido vai ser acusado de atentado ao pudor.

16/10/2018

Os funcionários de um banco em Nanning, no sul da China, estavam a ter uma reunião quando um convidado surpresa entrou na sala. Estamos a falar de uma cobra de 5kg e 1,5 metros de comprimento que caiu do teto e acabou por cair por cima de um dos empregados do banco.

Um vídeo mostra o momento da queda do animal e do pânico que causou na sala de reuniões. Os funcionários aterrorizados fugiram enquanto o réptil se recompunha da queda e deslizava pela sala.

Felizmente, ninguém ficou ferido e o réptil foi capturado mais tarde por oficiais de Segurança Pública da Floresta de Nanning e por funcionários da Proteção da Vida Selvagem.

Apesar de não se saber a origem do animal, os defensores dos direitos dos animais acreditam que o réptil tenha sido criado por alguém próximo do local e que esta estava à procura de comida quando caiu no banco.