21/09/2018

Uma recém-nascida com apenas 9 dias ia sendo vendida pela mãe por 38 euros. A mulher de 25 anos, Inna Petrova, estava desempregada e tentou vender a filha a uma desconhecida (Natalia), depois de marcar um encontro através da Internet. A venda foi realizada no aeroporto de Omsk, na Rússia.

Num vídeo partilhado pelas autoridades russas, é possível ver Inna a segurar a bebé ao colo, antes de a entregar para os braços de Natalia, uma professora de 43 anos que passou 3 mil rublos (cerca de 38 euros), justificando que queria criar outra filha adotiva, depois do seu filho ter saído de casa e esta sofrer de síndrome da solidão.

A polícia foi bater à porta de Natalia uma semana depois da troca ter sido efetuada. A criança deverá agora ser entregue a um orfanato e ambas as mulheres foram detidas e postas em prisão domiciliária enquanto decorre a investigação por tráfico infantil. A pena de prisão nestes casos pode chegar aos 10 anos.

21/09/2018

Uma recém-nascida com apenas 9 dias ia sendo vendida pela mãe por 38 euros. A mulher de 25 anos, Inna Petrova, estava desempregada e tentou vender a filha a uma desconhecida (Natalia), depois de marcar um encontro através da Internet. A venda foi realizada no aeroporto de Omsk, na Rússia.

Num vídeo partilhado pelas autoridades russas, é possível ver Inna a segurar a bebé ao colo, antes de a entregar para os braços de Natalia, uma professora de 43 anos que passou 3 mil rublos (cerca de 38 euros), justificando que queria criar outra filha adotiva, depois do seu filho ter saído de casa e esta sofrer de síndrome da solidão.

A polícia foi bater à porta de Natalia uma semana depois da troca ter sido efetuada. A criança deverá agora ser entregue a um orfanato e ambas as mulheres foram detidas e postas em prisão domiciliária enquanto decorre a investigação por tráfico infantil. A pena de prisão nestes casos pode chegar aos 10 anos.

19/09/2018

Uma criança estava vestida em casa com o traje do seu super-herói favorito, o homem-aranha. Mas para dar um pouco mais de realismo à personagem do filho, este pai decidiu intervir e ajudou-o a mover-se nas paredes e teto como o verdadeiro homem-aranha... e com a criança também a interpretar muito bem o papel! 😀

13/09/2018

As duas filhas de Grace Fanelli aprenderam a nadar com apenas nove meses de idade graças a uma instrutora de natação, especializada em natação infantil. Grace quis ter as suas filhas na piscina desde cedo para garantir a sua confiança na água. A filha mais velha tem agora 3 anos e a mais nova 1 ano.

A mãe supervisiona sempre que as meninas nadam e lançou um apelo: "O afogamento é a principal causa de mortes de bebés e crianças menores de cinco anos. Eles podem começar a aprender a nadar aos seis meses de idade. Por favor ensinem os vossos filhos a nadar para que eles possam salvar-se até que chegue ajuda".

07/09/2018

Um jovem esqueceu-se de desligar o iPhone da sua smart TV quando foi à casa de banho fazer o número quatro. Entretanto a namorada chegou a casa e apanhou-o em flagrante a "checkar" a conta do Instagram "bigbooty_org" e as coisas ficaram feias... 😁

06/09/2018

A comemoração de um aniversário transformou-se em tragédia na China, quando uma mãe, distraída com as mensagens de texto no telemóvel, não percebeu que a sua filha de apenas um ano de idade estava a afogar-se numa piscina de um centro de lazer, na cidade de Fuzhou.

A menina acidentalmente escorregou da sua boia ficando debaixo da água por mais de 1 minuto e meio, antes que a mãe finalmente notasse o que estava a acontecer. Imagens das câmaras de videovigilância do local mostram a criança a brincar na piscina, antes de escorregar e se afundar.

A mãe disse em entrevista que virou as costas por cerca de um minuto ou dois para responder a algumas mensagens. Ao mesmo tempo, os funcionários do centro de lazer haviam ido receber uma entrega de mercadorias e não puderam ajudar.

O vídeo também mostrou que outra criança na piscina notou que a menina estava a afogar-se e tentou chamar a atenção da mãe, mas a mulher não ligou.

A mãe, então, correu para tirar a filha da água e começou a realizar os procedimentos de primeiros socorros.

Quando a menina...

continuar a ler
04/09/2018

Se pensas que curtir a vida a viajar e partilhar as aventuras nas redes sociais é só feito por gente jovem, então é porque não conheces a russa Elena Erkhova, ou vovó Lena, como é apelidada. Aos 91 anos, ela passa um bom tempo a viajar pelo mundo, sozinha, livre, leve e solta. E quem quiser pode acompanhar as suas aventuras pelo Instagram.

Lena foi descoberta por uma conterrânea enquanto conhecia a Tailândia. Após aparecer num post no Facebook, a vovó...

continuar a ler