06/06/2018

Tom Cruise é conhecido por recusar duplos em muitas das cenas perigosas que já protagonizou, além de às vezes nem aceitar efeitos especiais. A sua mais recente façanha é verdadeiramente impressionante até para o seu padrão de loucura. Tom foi o primeiro ator a realizar um salto HALO, que requer equipamento especial, tem muitos riscos e só é feito por pessoas com muito treino.

Basicamente consiste em saltar de MUITO alto e só abrir o paraquedas muito perto do chão, para conseguir infiltrar-se no território do inimigo sem ser detetado. O salto foi feito a 25 mil pés (mais de 7,6km de altitude), e o paraquedas só abriu a 600 metros do solo, numa cena para o filme "Mission Impossible: Fallout".

25/05/2018

Durante a entrega de algumas lembranças, após o seu discurso num comício eleitoral em Aosta, na Itália, o polémico político italiano Silvio Berlusconi, disse sem qualquer embaraço que preferia receber de presente a jovem que estava ao seu lado em vez dos presentes que estava a receber.

Ao seu lado, estava também, o coordenador regional do partido Força Itália, que é nada mais, nada menos, que o pai da jovem. 🤐

22/05/2018

Eis mais um vídeo que o humorista e imitador de vozes, Luís Franco-Bastos, criou para a Netflix sobre a série La Casa De Papel. Desta vez, ficamos a saber que Berlín não quer que o professor oiça mais Piruka... confere! 😄

17/05/2018

A 20th Century Fox divulgou o primeiro trailer do filme Bohemian Rhapsody, que mergulha na história da banda Queen e do seu icónico vocalista, Freddy Mercury. O filme tem estreia marcada para o início de novembro de 2018. Promete!

18/04/2018

Ontem, em pleno Parlamento Europeu, o presidente francês Emmanuel Macron foi arrasado pela eurodeputada portuguesa Marisa Matias, que o batizou de "pequeno Napoleão", sem "conceção de Democracia".

"O senhor apresenta-se aqui como presidente de França, mas na realidade deve pensar que é um pequeno Napoleão… É que veio fazer uma declaração de amor à Democracia, disse mesmo que a Democracia não é uma palavra oca. E eu pergunto-lhe: que Democracia?", começou por dizer Marisa.

"A sua conceção de Democracia não tem cidadãos, não tem parlamentos? Não ouve a assembleia francesa? Ridiculariza as instituições europeias? A sua conceção de democracia não é oca. É inexistente", continuou a eurodeputada portuguesa. Marisa Matias referia-se ao ataque à Síria, que resultou de uma aliança entre EUA, França e Alemanha, sem que outros países fossem ouvidos.

"Se o senhor quer paz no Médio Oriente, tem um bom remédio: pare de vender armas", disparou para finalizar Marisa Matias.